santiago-2
Aventura Dica Econômica Hospedagem Neve Praia Restaurantes

Dicas imperdíveis de Santiago

Santiago já encanta logo na sua chegada ainda lá de cima no avião. Sobrevoar as cordilheiras é além de lindo um tanto quanto emocionante. Então prepare a câmera se estiver viajando de dia que você terá boas fotos para recordação. Ah! lembre-se de reservar o assento da janela.

A capital do Chile, é porta de entrada para tantos lugares incríveis que tivemos o prazer de conhecer, como Pucón e o deserto do Atacama.

Aqui vamos descrever os lugares que conhecemos em Santigo e arredores.


Uma das coisas mais impressionantes de Santiago, é a Cordilheira que dá uma sensação de “abraçar” a cidade toda. A primeira vez que você se deparar com ela, fique ali parado alguns minutos, contemplando e agradecendo a Deus por aquele presente.


santiago-2
santiago-cerro-san-cristobal2
santiago-cerro-santa-lucia
santiago-cerro-san-cristobal5
santiago
Como Chegar

Para chegar em Santiago, você precisa comprar uma passagem aérea para o aeroporto Internacional Comorodo Arturo Merino Benítez, ele fica a mais ou menos 30 minutos do centro da cidade. Chegando no aeroporto, você pode contratar um serviço de transfer, pegar um táxi ou um ônibus.

Para quem não quer gastar muito o ônibus é uma boa opção, do aeroporto saem duas empresas a Tur-Bus e a Centropuerto que fazem o trajeto aeroporto/Centro.

O transfer e o taxi são opções um pouco mais caras mas com a vantagem de te deixar no hotel. No próprio aeroporto você consegue pegar ou no caso do transfer pode reservar com antecedência. Se for pegar um táxi, o ideal é fechar com algumas das empresas que tem por lá ao invés de pegar um de rua que pode acabar cobrando um pouco a mais pelo serviço. As empresas oficiais de táxis no aeroporto são a Radio Movil, Taxi Oficial e Transvip.

 

Moeda

A moeda do país é o peso chileno então não se assuste com a quantidade de zeros que você vai encontrar nos preços das coisas. Para facilitar um pouco na hora da conversão, pegue o valor em peso, corte os três últimos zeros e multiplique o valor por 4,75 que você vai ter o valor aproximado, isso vai depender da cotação do dia mas essa conta já ajuda e facilita a vida. Por exemplo: Se você ver alguma coisa com um valor de 10.000 CLP isso custa em média 47,50 BRL.

Para trocar o dinheiro o ideal é fazer o câmbio todo pelo Chile mesmo que sai mais barato do que sair do Brasil com tudo já trocado. Leve uma quantia pequena para conseguir se virar nas primeiras horas da viagem e deixe para trocar o restante por lá mesmo. Nós indicamos as casas de câmbio da Av. Pedro de Valdivia e as do Centro no Paseo Ahumada. Fuja das casas de câmbio dos shoppings e do aeroporto que costumam ter os valores mais altos. Uma coisa que observamos em nossa última ida ao Chile é a aceitação do dólar, então quem tiver as notas do tio Sam, leve que geralmente são bem pagas por lá.

 

Como se locomover na cidade

Santiago é bem plana e as ruas com bons calçamentos, então caminhar pela cidade é um programa e tanto. Fizemos praticamente tudo a pé, só quando era alguma coisa muito longe recorríamos ao metrô. O sistema metroviário da cidade é bem bacana e funciona direitinho, evite só os horários de pico e tome cuidado que por lá apesar de seguro, dentro dos metrôs costumam  ter os mãos leves, lá chamados de flyers. Então toda atenção com bolsas e mochilas.

 

Onde ficar

Quando nós fomos para lá, optamos por ficar no bairro Providencia e adoramos, tinha um metro bem ao lado do nosso apto e era próximo de bastante coisa, fizemos muita coisa a pé mesmo para poder curtir um pouco mais a cidade.

Outro bairro bacanas para se hospedar por lá é Las Condes

santiago

 

O que fazer em Santiago e arredores

Vamos listar aqui as principais atrações para fazer na cidade e também nas suas vizinhas:

Em Santiago:
  • Cerro Santa Lucía
  • Cerro San Critóban
  • Jardim Japonês
  • Ski Costanera
  • Plaza de armas
  • Mercado Central
  • Parque Arauco
  • Palacio de la Moneda
  • Museu Nacional de Belas Artes
  • Casa de Pablo Neruda
santiago-cerro-san-cristobal5
santiago-cerro-san-cristobal4

santiago-cerro-san-cristobal

Em Santiago você tem a opção de fazer tours a pé com guias locais sem pagar nada, ou quase nada, o que eles pregam é se você gostar do serviço deixa uma gorjeta para eles. São em média 3 horas de caminhada leve pela cidade com explicações. Nós não conseguimos fazer por conta do horário, mas a baixo no post deixamos alguns sites que fazem esse tipo de tour, o ideal é se programar para os dias e horários do tour escolhido. Quem sabe na próxima conseguimos fazer.

santiago-cerro-san-cristobal3

Nos arredores:
  • Vale Nevado/ Farellones
  • Vinícola Santa Rita
  • Vinícola Concha y Toro
  • Viña del Mar
  • Valparaíso
Quando ir

Santiago é ótima para ir o ano inteiro mas se você quer pegar neve no Valle Nevado, o melhor é ir entre junho até primeira semana de setembro. Nós fomos no final de agosto e pegamos uma nevasca no Valle Nevado que não nos permitiu ver nada, só conseguimos brincar com toda aquela neve que caiu. Um dica que nos deram lá foi se estiver chovendo em Santiago, pode ter certeza que está nevando nas montanhas.

Um site que adoramos acompanhar o clima pelo mundo é o accweather  que te dá toda uma média de temperatura e chuva para cada região, ele coloca uma média de até três meses, ótimo para ajudar na hora de decidir o lugar a ser visitado e também na hora de arrumar a mala. E para saber da neve nas montanhas utilizamos o site pt.snow é só escolher o país e o lugar que quer saber, ele sempre acerta.

 

Onde comer

Aqui vamos dar algumas dicas de restaurantes que fomos quando estivemos por lá e também citar alguns que são famosos por lá mas que não conseguimos conhecer.

Quem nunca foi ao Chile, não estranhe o nome palta em quase tudo que você lê nos cardápios, esse nome nada mais é do que abacate e apesar de algumas combinações parecer estranhas, vale a pena provar.

  • Dominó, é uma rede que vende lanches e cachorro quente com vários complementos, inclusive a palta que citamos a cima. É uma delícia e super fácil de achar pela cidade. No site deles você encontra a lanchonete mais próxima.
  • Castaño, é uma rede de padarias que você encontra em vários lugares na cidade, vendem desde pães a sanduíches prontos para levar e café. É uma boa opção para quem não tiver café da manhã no hotel ou apto que alugar, como foi no nosso caso.
  • Ligúria, é um bar/restaurante super tradicional no Chile, servem desde petiscos a pratos. Não deixem de provar no final o licor típico feito por eles, é bem gostoso.

 


Sites úteis:

Ônibus aeroporto/Centro Santiago

Tour de ônibus pela cidade

Tours a pé free

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *